Contatos Imediatos do Terceiro Grau, de Steven Spielberg

Em alguns filmes sobre extraterrestres, homens fogem de ataques e explosões. Os seres de fora se tornam indesejados e perigosos. Em Contatos Imediatos do Terceiro Grau ocorre o contrário: é o protagonista, o homem incomum, que corre atrás dos visitantes em naves iluminadas, a cortar o céu.

Interpretado por Richard Dreyfuss, esse homem fica obcecado pela luz que, certa noite, cobre seu carro e queima parte de sua face. Há pouco a ser visto nesse primeiro contato. O diretor Steven Spielberg prefere distância, com luzes e sons.

Curta o Palavras de Cinema no Facebook

contatos-imediatos-do-terceiro-grau1

O que explica a beleza do filme. Roy Neary (Dreyfuss), o fascinado, passa a perseguir os pontos luminosos no céu. Deixa tudo para trás: família, emprego, qualquer sinal de vida estável. O que lhe interessa são os sinais de vida alienígena.

O herói passa a enxergar a imagem de uma montanha. Não se sabe como chega à personagem. Qualquer contato com qualquer matéria que dê vez ao formato do local – como o creme de barbear, o purê de batata ou mesmo a terra do quintal – passa a ser um novo aviso: trata-se do espaço que as naves escolheram para fazer contato.

E o homem perde-se, assim, para algo nada ou pouco palpável. O filme aposta nessa alucinação, à medida que sua mulher (com o tom cômico acertado de Teri Garr) percebe sua suposta loucura e desiste dele; e à medida que o herói aproxima-se de outra mulher (Melinda Dillon), mãe de uma criança abduzida e tomada pelas mesmas visões.

Ao governo, que também espera pelos alienígenas e prepara a recepção, homens como Neary não são interessantes: eles apenas ressuscitam a ideia de que a crença no impossível – como se os visitantes não estivessem muito distantes da aparição de uma santa, no topo da montanha – pode mobilizar um grupo e comprovar algo.

Sim, há algo religioso em Contatos Imediatos do Terceiro Grau. Seu herói torna-se um fanático levado por luzes, pela imagem de algo que não sabe explicar, algo que se forma na mesa do jantar, ou no meio de sua sala, em porções de terra vermelha.

Não há um vilão, mas um governo decidido a desviar a atenção do homem e minar sua crença, ou mesmo a de outras pessoas que, como Neary, tiveram a mesma visão. O governo entende que esse pequeno “delírio” coletivo pode ser mais perigoso do que um “delírio” maior, a mobilizar centenas de pessoas a capelas, igrejas e outros ambientes.

contatos-imediatos-do-terceiro-grau2

Porque essas personagens podem estar certas, podem romper a ordem que o mesmo governo deseja manter: elas confirmam – e estão dispostas a perseguir, a provar – a existência de algo para além dos domínios do planeta, o que reside naquelas luzes.

Neary não é atrativo. Nada tem a oferecer além da certeza sempre tratada como delírio. Chega, sim, a ser irritante. Spielberg modula-o para romper sua estrutura social, entregando-se aos visitantes, no fim, sem qualquer preocupação com a família.

A entrega é total aos olhos do especialista francês (François Truffaut) que divide poucos momentos com Neary, mas cuja expressão aproxima-os: é alguém tão fascinado quanto o primeiro, típica personagem de Spielberg, um cientista moldado às emoções.

O diretor coloca-se entre o mundo adulto e o infantil: Contatos Imediatos tem, ao mesmo tempo, a matéria das personagens cativantes e apaixonadas e um espetáculo visual que não raro prefere o tom menor, como se os alienígenas estivessem longe de amar ou atacar os humanos abobalhados. Eles oferecem apenas um flerte.

(Close Encounters of the Third Kind, Steven Spielberg, 1977)

Nota: ★★★★☆

Veja também:
Bastidores: Alien, o 8º Passageiro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s