Pelos olhos de Hitchcock

Sou comparado a Hitchcock o tempo todo, mas por quem não entende nem a mim nem a Hitchcock. Eu entendo Hitchcock extremamente bem. Eu vejo pelos olhos dele, vejo como ele construiu os planos, compreendo sua narração. E muitas dessas comparações comigo são ridículas. Lê-se o tempo todo. Não dá para entender o que essa gente vê na tela. Comparam a cena do bando em Carrie, a Estranha com a cena do chuveiro de Psicose. E eu penso: O quê? A cena do chuveiro de Psicose é única: é uma série de planos curtos e rápidos. Em Carrie, ela lava o sangue em apenas três planos. O único ponto em comum é que há uma garota na água. Fazer esse tipo de analogia com Hitchcock é absurdo. Eu sempre quis estar em um debate com esse tipo de fanático por Hitchcock para ensinar o que é o cinema de Hitchcock e as diferenças comigo.

Brian De Palma, no início do documentário Obsessão por Hitchcock, incluído no material extra do DVD de Trágica Obsessão, lançado no Brasil pela Versátil.

psicose

psicose2

psicose3

Veja também:
Ladrão de Casaca, de Alfred Hitchcock
Alguns itens inesquecíveis de dez filmes de Alfred Hitchcock

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s