Woody Allen, 80 anos

Estava pensando em, num futuro não muito distante, escrever alguma coisa intitulada “Como foi que eu durei?”. Cheguei a brincar com isso, mas achei que seria muito autorreferente. Estava fazendo sessenta e quatro anos e trabalho desde os dezesseis, então me perguntei como foi que durei. Por exemplo, quem é meu público? O meu público nunca foram os garotos de faculdade quando deveria ter sido. Certamente não são os garotos de faculdade agora. Não são caipiras, nem fundamentalistas protestantes, nem a maior parte dos Estados Unidos. Também não são os intelectuais – posso indicar um bando deles que nunca apoiou meu trabalho. Jamais ganhei muito dinheiro, sempre exigi total controle artístico dos meus filmes, mesmo diante de uma série de filmes que não deram lucro – e sempre consegui total controle. Quer dizer, uma coisa meio irracional.

Woody Allen, que acaba de fazer 80 anos, em entrevista a Eric Lax, em janeiro de 2000, ao ser questionado sobre sua longevidade como cineasta em Conversas com Woody Allen (Cosac Naify; pgs. 417 e 418). Abaixo, Allen em Broadway Danny Rose, de 1984.

Curta o Palavras de Cinema no Facebook

broadway danny rose

Veja também:
Os dez melhores filmes de Woody Allen
O Homem Irracional, de Woody Allen

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s