Maureen O’Hara (1920–2015)

Era a última grande vedeta, e grande atriz, sobrevivente da época clássica de Hollywood, memória viva dessas longínquas décadas douradas que o cinema americano viveu entre os anos 30 e os anos 50. Com a morte dela, Hollywood morre mais um bocadinho.

Joana Amaral Cardoso, jornalista de cultura, e Luís Miguel Oliveira, crítico de cinema, no site do jornal Público (leia aqui), sobre a grande estrela, morta aos 95 anos e famosa, sobretudo, pelas colaborações com o diretor John Ford, como em Depois do Vendaval (foto abaixo).

depois do vendaval

Veja também:
Ingrid Bergman, 100 anos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s