Bastidores: Perseguidor Implacável

Havia alguma coisa ali que eu acho que as pessoas não perceberam. Um crítico disse que Dirty Harry atirou no cara no fim com tanta alegria que ele gostou daquilo. Não houve alegria nenhuma a respeito daquilo, havia era tristeza. Assista ao filme de novo e você verá isso.

Clint Eastwood, em entrevista à revista Rolling Stone (julho de 1985), sobre Perseguidor Implacável, de 1971, dirigido por Don Siegel.

perseguidor implacável

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s