Bastidores: A Sereia do Mississipi

Bela, Catherine Deneuve de fato o é, a tal ponto que um filme de que é a heroína poderia quase prescindir de contar uma história. Estou convencido de que o espectador fica feliz só de olhar Catherine, e que essa contemplação vale o preço do ingresso! Quando ela roda cenas nas ruas, ficamos impressionados com as manifestações de respeito e simpatia que suscita; não é raro atrizes célebres receberem insultos dos passantes; este nunca é o caso dela, e suponho que, afora a simpatia que desperta, nunca se associa Catherine à lembrança de um filme medíocre, portanto, a uma noite perdida.

François Truffaut, cineasta, sobre a atriz Catherine Deneuve, que dirigiu em A Sereia do Mississipi. Citação retirada de um artigo de 1969, publicado em O Prazer dos Olhos – Escritos Sobre Cinema, de Truffaut (Jorge Zahar Editor; pg. 232 e 233).

a sereia do mississippi

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s