Os cinco melhores personagens coadjuvantes de Humphrey Bogart

Antes de se tornar um astro e ter seu nome em primeiro lugar nos créditos, o que só ocorreu em O Falcão Maltês, Humphrey Bogart fez vários coadjuvantes importantes e lutou para ser reconhecido. Quem deu o empurrão foi seu amigo e ator Leslie Howard, que convenceu a Warner a lhe entregar o papel do temido vilão Duke Mantee, no ótimo A Floresta Petrificada, ainda em 1936. Começava então a nascer o grande ator.

Curta o Palavras de Cinema no Facebook

5) Paul Fabrini, em Dentro da Noite (1940)

Ao lado do irmão vivido George Raft, Fabrini adquire um caminhão, com o qual ambos trabalham. A obra de Raoul Walsh aborda a América injusta, próxima do cinismo do cinema noir. E, de quebra, tem Ida Lupino como vilã.

dentro da noite

4) Michael O’Leary, em Vitória Amarga (1939)

Nesse belo melodrama da safra de 1939, Bogart é o criado da moça rica vivida por Bette Davis. Ambos têm uma relação difícil: ela sabe que vai morrer e ele mostra seu amor de forma bruta. O filme é mais interessante quando estão juntos.

vitória amarga

3) George Hally, em Heróis Esquecidos (1939)

Dois homens retornam da Primeira Guerra Mundial e prosperam nos tempos da Lei Seca. À frente, o homem de James Cagney muda, enquanto Bogart assume a face do vilão. Não é sempre que dois atores desse porte dividem a mesma tela.

heróis esquecidos

2) Baby Face Martin, em Beco Sem Saída (1937)

Sem o amor da mãe e rodeado por alguns moleques malandros, o bandido interpretado pelo ator muda de rosto para retornar ao velho bairro e planeja um sequestro. E ainda encontra tempo para reencontrar um velho amor. No entanto, tudo está diferente.

beco sem saída

1) Duke Mantee, em A Floresta Petrificada (1936)

Todos falam de Mantee antes de sua aparição, naquele bar à beira de estrada. É uma lenda, bandido procurado pela polícia, que cruza o caminho das várias personagens e comprova, em poucos momentos, ser um dos grandes vilões do cinema.

a floresta petrificada

Veja também:
O Tesouro de Sierra Madre, de John Huston

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s