15 comédias malucas e inesquecíveis do cinema clássico

As chamadas “comédias malucas”, ou screwball, são perfeitas para dias tristes. Todas incluem a mesma história, com algumas variações. Envolvem mocinhos inocentes e mulheres espertas, ou mesmo casais em conflito, que insistem em se negar. Há também ricaços – ou filhas de ricaços – e bastante champanhe e joias. As confusões têm prazo para terminar: até o fim do filme, sabe-se, o casal estará aos beijos.

Esse cinema ainda ingênuo levou pitadas de sexo a Hollywood. Da levantada de saia de Claudette Colbert em Aconteceu Naquela Noite às roupas de Barbara Stanwyck em Bola de Fogo, nada era por acaso. E o que falar, então, das piadas sobre serpentes em As Três Noites de Eva?

Curta o Palavras de Cinema no Facebook

levada da breca

Roteiristas como Billy Wilder aprenderam a técnica da screwball com mestres como Hawks e Lubitsch. Faria Pacto de Sangue pouco depois, no terreno do noir.

Considerado o “Orson Welles da comédia”, Preston Sturges foi um gênio em curto período, mestre absoluto, até Hollywood dar-lhe as costas. Após a Segunda Guerra Mundial, a screwball perderia espaço – tal como as comédias de Chaplin.

Ainda assim, sua influência seria observada em inúmeros filmes mais tarde, como Nascida Ontem, Quanto Mais Quente Melhor e, depois, em Essa Pequena é uma Parada, remake evidente de Levada da Breca feito por Peter Bogdanovich – que nunca escondeu seu amor por Hawks. Escolha qualquer uma das comédias abaixo e fique feliz por alguns bons dias.

Ladrão de Alcova, de Ernst Lubitsch

ladrão de alcova

Aconteceu Naquela Noite, de Frank Capra

aconteceu naquela noite

Suprema Conquista, de Howard Hawks

suprema conquista

O Galante Mr. Deeds, de Frank Capra

galante mr. deeds

Cupido é Moleque Teimoso, de Leo McCarey

cupido é moleque teimoso

Boêmio Encantador, de George Cukor

boêmio encantador

Levada da Breca, de Howard Hawks

cary grant

Ninotchka, de Ernst Lubitsch

Greta Garbo - Ninotchka

Núpcias de Escândalo, de George Cukor

núpcias de escândalo

Jejum de Amor, de Howard Hawks

jejum de amor

Contrastes Humanos, de Preston Sturges

contrastes humanos

Bola de Fogo, de Howard Hawks

bola de fogo

As Três Noites de Eva, de Preston Sturges

as três noites de eva

A Incrível Suzana, de Billy Wilder

a incrível suzana

Este Mundo é um Hospício, de Frank Capra

este mundo é um hospício

Veja também:
A comédia sem freios dos Irmãos Marx
20 grandes comédias que perderam o Oscar

Anúncios

2 comentários

  1. Cadê “Irene a Teimosa”, com Carole Lombard, que é genial? E por que essa lista não inclui nada com a mulher mais hilária que Deus já pôs no mundo, Lucille Ball?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s