Que Estranho Chamar-se Federico, de Ettore Scola

Os diretores Federico Fellini e Ettore Scola chegaram ao cinema e ao jornalismo em tempos diferentes. Quando o segundo começou a dirigir, o primeiro já havia realizado algumas obras-primas. Quando o segundo conseguiu emprego no jornal humorístico Marco Aurelio, Fellini já havia se estabelecido por lá.

Essa proximidade não parece fruto do acaso em Que Estranho Chamar-se Federico e talvez não passe de um belo ajuste, como se Scola recorresse ao cinema – sua forma de expressão, sua arte – para mostrar a proximidade a Fellini.

que estranho chamar-se

Scola dirige e traz os sonhos de Fellini à tona: as mulheres gordas, os palhaços, os mágicos, a dançarina negra, o homem das bolhas de sabão, a prostituta. O diretor já havia esbarrado no outro, em tela, em Nós que Nos Amávamos Tanto, quando Fellini interpreta a si próprio, ao lado de Mastroianni, no set de A Doce Vida.

Em Que Estranho Chamar-se Federico, partes da vida de Fellini – seja ficção, seja documentário – tornam-se saídas para mostrar a necessidade do sonho, de qualquer coisa que permita escapar da realidade. E quando um homem de Mussolini aparece na redação de Marco Aurelio, todos levantam as mãos, como idiotas.

Não poderia ser mais engraçado. Para Fellini ou para Scola – e talvez mais para o primeiro –, a vida não deve ser levada tão a sério. Mais vale sonhar. Para Scola, após décadas de trabalho, chega a hora de revisitar Fellini: o artista inspirador e a maneira de viver pelas recorrentes janelas da arte. Estão ali os cenários grandes e falsos, as transições do preto e do branco às cores, o carro com prostitutas e pintores.

Nota: ★★★☆☆

2 comentários

  1. Não esperava gostar deste filme da forma que gostei. Foi uma experiência interessante descobrir pequenos detalhes da história do cinema italiano enquanto Scola nos apresenta uma história engraçada e comovente sobre o grande mestre Italiano. Uma boa análise!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s